segunda-feira, 31 de agosto de 2015

DEUS NOS FALA

Evangelho de S. João 6, 41-51

“Murmuravam então dele os judeus, porque dissera: Eu sou o pão que desceu do céu. E perguntavam: Porventura não é ele Jesus, o filho de José, cujo pai e mãe conhecemos? Como, pois, diz ele: Desci do céu? Respondeu-lhes Jesus: Não murmureis entre vós. Ninguém pode vir a mim se o Pai, que me enviou, não o atrair; e eu hei de ressuscitá-lo no último dia... Em verdade, em verdade vos digo: quem crê em mim tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Vossos pais, no deserto, comeram o maná e morreram. Este é o pão que desceu do céu, para que não morra todo aquele que dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão, que eu hei de dar, é a minha carne para a salvação do mundo.”

O evangelista João nos apresenta um Jesus decidido e majestoso perante um público conterrâneo e desconfiado. Cristo aproveita dessa situação para anunciar a sua missão, que é a salvação do mundo. Como pode acontecer isso? Em poucas palavras, é comer o pão do céu, que é o próprio Senhor Jesus. Comer esse pão do céu significa crer em Jesus, enquanto enviado por Deus, porque nos alimenta e dá vida. É aceitar o seu ensinamento e segui-lo. Porém, as pessoas resistem a essa revelação e não creem. Assim, não fazem a vontade de Deus Pai. Um pequeno parêntese em referência aos judeus aqui citados.

Não quer dizer que seja o povo judeu enquanto tal, mas aquelas poucas autoridades fariseias que estavam expulsando os cristãos das sinagogas. De fato, o diálogo entre esses líderes e Jesus se torna tenso. Os chefes dos judeus murmuravam, porque perguntavam: como pode ser de Deus um como nós, que nós conhecemos seus pais e parentes? O preconceito de saber tudo de Deus impede de abrir os olhos às novas realidades de Deus. Assim, não conseguem entender Jesus, porque a experiência de Deus que eles têm não vem do alto, mas a partir do entendimento deles. Por isso, não se sentem atraídos pelo Jesus.

Não se sentem em sintonia com o Mestre Nazareno. E Ele insiste dizendo-lhes que não podem limitar a experiência religiosa ao passado, mas eles têm que se abrir a essa nova realidade que é Ele,
verdadeira Páscoa. Jesus é o pão da vida eterna. Com Ele, teremos vida para sempre. Ainda hoje, quanta gente desconfia de Jesus como proposta de vida eterna! É Jesus o novo cordeiro pascal, imolado na cruz, que nos permite ir além da morte. Esse novo êxodo é alimento de esperança e confiança para todos. Esse discurso sobre o pão de Vida se apela à experiência dos judeus quando se libertaram do país do Egito.

Mostra que aquela libertação foi sustentada por um alimento que não permitiu a sobrevivência. No entanto, o ‘alimento Jesus’ permite uma libertação que vai além do corpo em si. É a própria vida de Jesus que nos torna eternos. Essa palavra revela um significado cristológico e sacramental, porque não é tanto de alimentar o povo faminto, mas de revelar a glória de Deus em Jesus.

Por tudo isso me apaixona cada vez mais pelo meu Senhor Jesus. Concluindo, eu te pergunto: você está disposto totalmente a ouvir Jesus? Deixa-se levar pela sua mensagem? Você é um testemunho de vida na nossa sociedade? Comer o pão do céu quer dizer crer em Jesus. Como te ajuda, por exemplo, tudo isso a viver melhor a Eucaristia? A celebração Eucarística é acolher a Nova Aliança, um novo pacto que revela a entrada dos últimos tempos, superando assim a antiga aliança, que realiza as esperas messiânicas. Desde já, somos introduzidos às novas realidades da Vida. Celebrando a Eucaristia a comunidade faz comunhão real com Cristo o Senhor.

Fonte: Claudio Pighin -  Sacerdote, doutor em teologia, mestre em missiologia.

Ninguém nasce inteligente, mas, torna-se

É muito comum falar ou debater sobre a inteligência das pessoas como dom recebido pela própria natureza. Por isso, é também comum dizer que um é mais inteligente que outro e assim por diante. No entanto, pesquisas revelam que o mito do QI (Quociente de Inteligência) não pode ser mais considerado absoluto, o DNA não é tudo. Essa provocação vem da revista The Atlantic. Essa nova interpretação vem de uns anos atrás quando fizeram testes sofisticados, nos USA e Inglaterra, sobre a atividade cerebral do ser humano. Logo em seguida, foram publicados pelo jornal científico Nature.

Essas pesquisas demonstraram a ideia de que o QI da pessoa não seria fixo, imutável. Isto é, não se nasce inteligente. Durante todo o tempo da aplicação dos testes, os pesquisadores constataram resultados bem diferentes entre os estudantes que se empenhavam nos estudos e aqueles que se relaxavam. Além do mais, notaram, também, que os estudantes com ensino escolástico mais sério se tornavam mais perspicazes no aprendizado. Isto mostra que o QI não é discriminado pela sua condição de vida, que poderiam ser pobres ou moradores, por exemplo, em favelas.

De fato, nos Estados Unidos, hoje o QI é utilizado no sistema escolástico quase somente para quem sofre de qualquer problema mental, ou assim chamados especiais, para tentar, desse jeito, identificar, desde criança, os genes potenciais para encaminhar às escolas especiais: institutos que existem no interno do sistema escolar público. Praticamente, põe-se em questão a ’ditadura do QI’. Os Estados Unidos, que por mais de um século confiaram cegamente no QI, agora colocaram tudo isso em discussão, sobretudo quando foi cortado de uma vez por todas na tenra idade.

Com essa plataforma, não podemos dizer, segundo esses pesquisadores, que a pessoa nasce inteligente. Não podemos, com esses testes de QI, catalogar uma criança para escola A, B, C, porque alcançaram um nível superior a 110 ou inferior a ele e, enfim, abaixo de 90. Os psicólogos evolutivos criticam esse método e se questionam: como se pode condenar uma criança que não supera de maneira brilhante um teste que o condicionará para a vida toda? A essa altura, pode-se falar dos limites do QI porque medem somente a capacidade do ser humano de recepcionar noções e de ordena-las em um sistema de conhecimento,mas não dizem nada sobre as outras capacidades essenciais da sua conquista da vida e do trabalho: a criatividade, a capacidade de adaptação a diversas situações de vida, o compromisso, o sentido prático nas opções de vida, a sensibilidade social, a coragem em enfrentar adversidade da mesma vida e assim por diante.

Na medida em que os métodos de análise das capacidades dos estudantes se desenvolveram, com o passar dos anos, se conscientizaram que o QI não é um dado que não se pode discutir, uma sentença definitiva ligada ao próprio patrimônio genético, ou seja, o DNA, com certeza faz parte. Porém, somente até certo ponto. Muitos dizem, se formos catalogar em porcentagem, que todo esse patrimônio genético condiciona até 70 por cento e o resto o completa o trabalho, o ensino, o ambiente onde faz parte. Recentemente nos Estados Unidos se animaram debates, discussões sobre um dado que os deixam particularmente frustrados: o baixíssimo rendimento em matemática dos estudantes do ensino médio.

Essa disciplina é considerada indispensável para poder obter resultados positivos em um mercado de trabalho cada vez mais dominado pela tecnologia. Se os americanos dizem isso, com certeza também nós não estamos muitos diferentes deles: sentimos as dificuldades dos estudantes em dominar a matemática. E aqueles que conseguem se afirmar nisso têm perspectivas superiores. Fechado esse parêntese, os EUA têm uma indústria mais avançada no mundo, porém é superado em matemática pela China e de outros países do sul do mundo. A reação dos pesquisadores perante esse dado é que aquilo que conta não é tanto o DNA, mas a cultura dos chineses em se dedicar a trabalhar com total dedicação e abnegação.

No entanto, os americanos, dizem eles, acomodados pelo grande bem-estar, relaxaram. Justamente dois grandes economistas, Noah Smith e Miles Kimball, disseram na The Atlantic: “Acordai-vos, não é verdade que não possais conhecer a matemática, não vos escondais por trás de um mito”. Assim sendo, fica bem definido que o grande proveito na vida não depende tanto do QI, mas da vontade de querer vencer na vida, de dedicação e trabalhando no duro. Conclusão: a inteligência não é determinada pelo DNA da pessoa, mas pela sua dedicação e empenho de vida: arregaçando as mangas e suando bastante.

Fonte: Claudio Pighin, sacerdote, jornalista italiano naturalizado brasileiro, doutor em teologia, mestre em missiologia e comunicação.

Prêmio Comunique-se 2015

O Heródoto tem o voto do Blog do Chaddad ! Vote você também.


Indian Scout: uma custom que você deveria conhecer

A mais antiga das marcas americanas prepara a entrada no Brasil com a competitiva Scout, para ganhar os compradores de Sportster e modelos japoneses



A história da americana Indian é longa, começou em 1901 antes mesmo da Harley-Davidson, mas até agora esteve distante do Brasil. O motivo é que a Harley cresceu e alcançou novos mercados enquanto a Indian fechou as portas na década de 1950. Agora renascida pelas mãos da também americana Polaris, a marca une referências ao histórico do passado e diferenciais tecnológicos em modelos como a instigante Scout e as variações da tradicional Chief (Classic, Vintage, Chieftain e Roadmaster). Elas serão lançadas no país em outubro durante o Salão Duas Rodas e é na Scout que residem grandes expectativas: “Não há dúvida que a família Chief buscará uma fatia dos atuais consumidores de Harley-Davidson, mas esperamos que a Scout traga um novo público de outras marcas e até estilos de moto”, diz Rodrigo Lourenço, diretor executivo da Polaris para a América do Sul.
Scout e Chief foram criadas no início da década de 1920 com propostas diferentes, a primeira era um modelo mais ágil e de orientação para performance (a escolhida para corridas, provas de subida de montanha e exibições na parede da morte), enquanto a Chief pretendia ser mais luxuosa e trazia adereços estéticos adicionais. Assim elas renasceram neste século 21: a Scout é mais leve, tem dimensões menores, elementos de design contemporâneos como os vincos e o radiador para a refrigeração líquida de seu motor V2 de 1.133cc, que dá mais atenção à potência do que o V2 de 1.811cc da Chief, uma estradeira que prioriza o torque em baixas rotações.
O motor da Scout está mais próximo do projeto usado na Harley-Davidson V-Rod, inclusive por render 100 cv, mas a muscle-bike da concorrente com enorme pneu traseiro de 240 mm não é o parâmetro correto para comparação, até porque nos Estados Unidos o modelo de entrada da nova família Indian concorre em preço com a Sportster 1200 (ao redor de R$ 39 mil no Brasil, dependendo da versão). Embora a Harley-Davidson não declare os números de rendimento de seus motores sabe-se que dinamômetros já confirmaram 25 cv a mais na Scout e torque equivalente nas duas, com a diferença de um pico disponível mais cedo na Sportster, ainda na casa de 3.000 rpm, e uma curva mais linear no motor “girador” da Indian, que entrega o pico de torque perto de 6.000 rpm. A 6ª marcha no câmbio da Indian é outro diferencial.   
Ao projetar a Scout a Indian optou por seguir o projeto clássico de uma custom longa, baixa e larga, com os pés do condutor repousando sobre pedaleiras à frente do motor – a Sportster 1200 Custom é mais curta, esguia e alta, com pedaleiras instaladas na mesma linha do assento (ficam mais à frente na Forty-Eight). O banco de couro caramelo pode ganhar opcionalmente a companhia de outro para a garupa e encostos (sissy-bar), assim como há comandos mais próximos e distantes para os pés e variações de guidão como alternativas de personalização.         
O pacote da Scout é interessante e além dos compradores de Sportster pode atrair os donos de japonesas como Yamaha Midnight Star e Kawasaki Vulcan que buscam o upgrade de performance e sonham com a autenticidade de uma marca americana. As primeiras concessionárias Indian estarão ativas já no último trimestre em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Florianópolis (SC) – inaugurações em outras regiões acontecerão em 2016. Plano de abertura contempla um número de lojas inferior às 19 da Harley, mas a diretoria brasileira promete que a linha de modelos crescerá nos próximos três anos acompanhando os lançamentos nos Estados Unidos, e que isso incluirá modelos de menor cilindrada.  
Fonte: Revista Duas Rodas

TRANSPOSIÇÃO DOS SERVIDORES

Servidor esperando a Transposição!

Comissão de Suporte à Transposição convoca servidores que não foram notificados por incorreção de endereços

Ao tomar conhecimento de seu nome na relação abaixo, o servidor deverá comparecer à sede da Segep, ou mesmo fazer contato telefônico, para atualizar o endereço.

Muitos servidores estaduais que já tiveram os processos de transposição analisados pela Comissão Especial dos ex-Territórios Federais de Roraima, Amapá e Rondônia (Ceext), em Brasília, e que tiveram seus nomes relacionados nas 19 Atas publicadas – com processos deferidos ou indeferidos  – ainda não foram notificados em razão de endereços incompletos ou incorretos, impedindo que os Correios fizessem a entrega das notificações.
Diante disso, a Comissão Estadual de Suporte à Transposição está convocando esses servidores – que têm seus nomes e número de notificações elencados abaixo, para que compareçam à Comissão, que funciona na sede da Superintendência de Gestão de Pessoas (Segep), em Porto Velho, para que possam, efetivamente, tomar conhecimento das notificações e dar seguimento aos procedimentos.
Ao tomar conhecimento de seu nome na relação abaixo, o servidor deverá comparecer à sede da Segep, ou mesmo fazer contato telefônico, para atualizar o endereço. Se residir no interior do estado, poderá ainda autorizar para que alguém retire sua notificação na Comissão Estadual de Transposição.
A Superintendência de Gestão de Pessoas está localizada na avenida Farquhar, 2986, 1º andar do Complexo Rio Madeira, Edifício Rio Cautário, Curvo II, Bairro Pedrinhas – Porto Velho – RO – Fone: (69) 3216-5171.

ALTO PARAÍSO/RO
Notificação nº 749-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª. Dinalva de Souza Azevedo
Rua: Pedro Marinho
CEP: 76.862-000 – Alto Paraíso – RO
AR JH02853998 8 BR

                                                           CACOAL/RO
Notificação nº 750-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª.  Edione Leite Rodrigues Azevedo
Rua: Daniel Francisco Guimarães
CEP: 76.960-970 – Cacoal – Ro
AR JH 02854000 5 BR

CEREJEIRAS/RO
Notificação nº 624 -15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 23 de junho de 2015
Sr. José de Souza Moreira
Rua: Deputado Jô Sato,380
CEP: 76.997-000 – Cerejeiras – RO
AR JH 02854146 5  BR

ESPIGÃO DO OESTE/RO
Notificação nº 787-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª.  Maria de Fátima dos Santos Silva
Rua: Amazonas, 3435, Liberdade
CEP: 76.974-000 – Espigão do Oeste – RO
AR JH 00242594 5 BR

Notificação nº 999-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 13 de julho de 2015
Srª.  Dalva José dos Santos
Rua: Rio de Janeiro, 2828, Centro
CEP: 76.974-000 – Espigão do Oeste – RO
AR JH 86217526 4 BR

Notificação nº 655-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 23 de junho de 2015
Sr. Vidal Macedo da Costa
Rua:  Rio Grande do Sul, 3038, Vista Alegre
CEP: 76.974-000 – Espigão do Oeste – RO
AR JH 02854178 8 BR
JARU/RO
Notificação nº 698-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 25 de junho de 2015
Srª.  Alvina Maria Linhares Coelho
Rua: Rio Grande do Norte, 1073, Setor 02
CEP: 78.940-000 – JARU – RO
AR JH 02854219 6 BR

Notificação nº 586-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 18 de junho de 2015
Sr. Mauricio Candido de Carvalho
Rua: Goiás, 3172, Setor 02
CEP: 76.890-000 – JARU – RO
AR JH 02854083 6 BR

Notificação nº 441-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 12 de junho de 2015
Srª.  Egilenes Merces Oliveira
Rua: Rua Princesa Izabel, 1981, Setor 01
CEP: 76.890-000 – JARU – RO
AR JH 00242684 2 BR

JI-PARANÁ/RO
Notificação nº 496-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de maio de 2015
Sr. José Maria da Silva
Linha 206, KM 18, 49, Area Rural
CEP: 76.960-000 – Ji-Paraná – RO
AR JH 02854018 1 BR

Notificação nº 67-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de maio de 2015
Sr. Isaias Rodrigues Vidal
Estrada de Nova Londrina, Chácara 06, Setor de Chácaras
CEP: 76.900-970 – Ji-Paraná – RO
AR JH 35004990 6 BR

Notificação nº 662-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 24 de junho de 2015
Sr. Davi Dorival Herrera Passos
Rua: São João, 420, Casa Preta
CEP: 76.907-606 – Ji-Paraná – RO
AR JH 02854185 9 BR

NOVA BRASILÂNDIA/RO
Notificação nº 721-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 29 de junho de 2015
Sr. Joaquim Teixeira Martins
Rua: Florianópolis, 2541, Centro
CEP: 76.958-000 – Nova Brasilândia
AR JH 02853987 2 BR

NOVA MAMORÉ/RO
Notificação nº 542-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Sr. José Assis Facundo de Souza
Av. José Ribeiro da Costa, 3964, São José
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854064 6 BR

Notificação nº 726-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Sr. Antônio Pereira Barbosa
Av. José Ribeiro da Costa, 3964, São José
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02853995 7 BR

Notificação nº 534-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª. Maria das Graças Teixeira cão
Linha D, Km 14, Sidney Girão, Zona Rural
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854056 1 BR

Notificação nº 532-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª.  Izadilva Ramos Caminha
Linha 32 D, Km 75, Zona Rural
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854054 4 BR

Notificação nº 539-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª. Sandra Regina Dias dos Santos
Av. Eugênio Alonso de Melo, 3660, Santa Luzia
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854061 5 BR

Notificação nº 536-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª. Maria Arcanjo Pereira Silva
Av. Manoel Fernandes dos Santos, 1319
CEP: 76.857-00 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854058 9 BR

Notificação nº 546-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª. Ildaci da Silva Elias
Av. Marechal Deodoro, 6653, Cidade Nova
CEP: 78.857-000 – Nova Mamoré – RO
AR JH 02854068 5 BR

OURO PRETO DO OESTE/RO
Notificação nº 530-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª.  Luzineth Parmagnani
Linha 81, Km 16, GB 16 – C, Lote 08
CEP: 76.920-000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 02854052 7 BR

Notificação nº 512-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª.  Lindalva Muniz Partelli
Linha 211,  GB 21 B – , Lote 01
CEP: 76.920-000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 02854034 5 BR

Notificação nº 780-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Sr. Juvenal Dias de Carvalho
Rua: Tiradentes, 960, Liberdade
CEP: 76.920-000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242904 4 BR

Notificação nº 783-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª.  Laurinda Galdina Mares Caldos
Rua: Albert Sabin, 40, Nova Ouro Preto
CEP: 76.920-000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242901 3 BR

Notificação nº 241-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 28 de maio de 2015
Sr. Moacir Rosa de Oliveira
Av. Gonçalves Dias, 2688, Jardim Aeroporto
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242565 7 BR

Notificação nº 743-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª.
Dorvina Ferreira dos Reis
Rua: Dos Migrantes, 092, Bela Floresta
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 02853999 1 BR

Notificação nº 761-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª. Glorinha Maria da Silva Rodrigues
Rua: São Bernardo, Bandeirantes
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242857 9 BR

Notificação nº 369-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Srª. Lordeli Rodrigues Torrente
Rua: Dos Amores, 173, Nova Ouro Preto
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 35005135  7 BR

Notificação nº 242-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 28 de maio de 2015
Sr. Gerson Américo de Azevedo
Chácara Boa Esperança, 66, Setor Chacareiro
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242566 5 BR

Notificação nº 367-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Srª. Marília Barboza Padilha
Linha 81, Km 8, Gleba 20, 22
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 35005133 0 BR

Notificação nº 232-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 28 de maio de 2015
Srª Vilma Leonarda da Silva
Linha 81 Km 05, Lote 18, Gb 20
CEP: 76.920.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242556 9 BR

Notificação nº 200-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 28 de maio de 2015
Sr. Valdeci Andrade Pinto
Av. Gonçalves Dias, 2688, Jardim Aeroporto
CEP: 76.924.000 – Ouro Preto do Oeste – RO
AR JH 00242524 6 BR

PORTO VELHO/RO
Notificação nº 694-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 25 de junho de 2015
Sr. Ely dos Anjos Ramalho
Rua: Rosário, 1921, Aeroclube
CEP: 76.811-108 – Porto Velho – RO
AR JH 02854221 9 BR

Notificação nº 609-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 25 de junho de 2015
Sr. Avami Mendes Portigo
Rua: Rio Preto, 4034, Nova Esperança
CEP: 76.822-490 – Porto Velho – RO
AR JH 02854133 2 BR

Notificação nº 35-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 04 de maio de 2015
Srª. Maria Aurea de Araujo Barros
Rua: Raimundo Cantuário, 6030
CEP: 76.824-547 – Porto Velho – RO
AR JH 35004885 7 BR

Notificação nº 899-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de julho de 2015
Srª. Tiotimo dos Santos Trindade
Rua: Vitor Brecheret, 5183, Teixeirão
CEP: 76.900-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00243006 0 BR

Notificação nº 1012/15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 13 de julho de 2015
Srª. Maria Mercês dos Santos Rocha
Rua: Marechal Deodóro, 2512, Centro
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 86217528 1 BR

Notificação nº 807-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 02 de julho de 2015
Srª. Joana Braga Ferreia
Rua: Abido Saião, 6152, aponiã
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00242913 2 BR

Notificação nº 1105-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 21 de julho de 2015
Sr. Mávilo dos Santos Melo
Av. Carlos Ramos, Caiari, Centro
CEP: 78.900-030 – Porto Velho – RO
AR JH 86217708 9 BR

Notificação nº 935-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de julho de 2015
Srª. Maria da Conceição de Castro Pinheiro
Rua: Hebert de Azevedo, 511, Olaria
CEP: 76.803-580 – Porto Velho – RO
AR JH 00243050 7 BR

Notificação nº 650-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 23 de junho de 2015
Srª. Telma Simões
Rua: Enrico Caruso, 6049, Aponiã
CEP: 76.824-194 – Porto Velho – RO
AR JH 02854172 6 BR

Notificação nº 627-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 23 de junho de 2015
Sr. José Wilson Barbosa de Souza
Rua: Veleiro Barbosa de Souza
CEP: 76.824-128 – Porto Velho – RO
AR JH 02854149 6 BR

Notificação nº 872-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de julho de 2015
Srª. Magnólia Alves Galvão
Rua: Barão de Ipanema, 213, Pedrinhas
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00242979 5 BR

Notificação nº 889-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de julho de 2015
Srª. Maria Irene da Silva Freitas
Rua: Rio Grande do Sul, 3481, Conceição
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00242996 8 BR

Notificação nº 896-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de julho de 2015
Sr. Francisco José Brasil dos Santos
Rua: Noroeste, 1908, Castanheira
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00243003 9 BR

Notificação nº 803-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 02 de julho de 2015
Sr. Getúlio Gabriel da Costa
Rua: Angico,3030, Belvedere
CEP: 76.800-000 – Porto Velho – RO
AR JH 00242909 2 BR

Notificação nº 416-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Sr. Edson Fernando Tonini
Rua: José Bonifácio, 1239, Olaria
CEP: 76.801-290 – Porto Velho – RO
AR JH 00242671 0 BR

Notificação nº 394-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Srª. Tânia Maria Cavalcante
Travessa Santa Maria, 96, Santa Maria
CEP: 76.801-277 – Porto Velho – RO
AR JH 35005160 4 BR

Notificação nº 410-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Srª Alda Palheta Medeiros
Rua: Eudóxia Barros, 238, Aponiã
CEP: 76.824-044 – Porto Velho – RO
AR JH 00242666 6 BR

Notificação nº 31-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 04 de maio de 2015
Sr. Epifanio Xavier Gadelha
Aluizio Azevedo, 1590, Tucumanzal
CEP: 76.900-000 – Porto Velho – RO
AR JH 35004881 2 BR

Notificação nº 483-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Sr. Luiz Francisco Cavalcante Mointeiro
Rua: Antonio Vivaldi, 6792, Aponiã
CEP: 76.824-096 – Porto Velho – RO
AR JH 02854005 9 BR

Notificação nº 403-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 03 de junho de 2015
Sr. José Barbosa da Silva
Rua: Pedro Albeniz, 90, Aponiã
CEP: 76.824-198 – Porto Velho – RO
AR JH 94770359 3 BR

Notificação nº 184-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 19 de maio de 2015
Srª.  Rogéria dos Santos Lima
Rua: Salvador Dali, 7399, Cuniã
CEP: 76.824-450 – Porto Velho – RO
AR JH 0024254 2 BR

ROLIM DE MOURA/RO
Notificação nº 946-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de julho de 2015
Sr. João da Costa Soares
Av. Tocantins, 3377, Planalto
CEP: 76.940-000 – Rolim de Moura-RO
AR JH 00243029 4 BR

SERINGUEIRAS/RO
Notificação nº 307-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 01 de junho de 2015
Srª Hilde Moreno Gil
Rua: Senador Olavo Pires, 582, São José
CEP: 76.934-000 – Seringueiras – RO
AR JH 00242632 6 BR

VILHENA/RO
Notificação nº 945-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de julho de 2015
Sr. Hoeschst Aureo Brasil Candido
Rua: H 8, Quadra 15, Lote 19, Cohab
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 00243045 3 BR

Notificação nº 759-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 30 de junho de 2015
Srª Geraldina Carvalho de souza
Rua: Juraci Correa Mulle, 5132, Jardim Eldorado
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 00242855 1 BR

Notificação nº 953-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 08 de julho de 2015
Srª Cleonice Miranda Povidaiko
Rua: Tancredo Neves, 5353, Jardim Eldorado
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 86217496 1 BR

Notificação nº 985-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 13 de julho de 2015
Srª Maria de Fatima Rodrigues da Costa
Rua: nº 32, 5888, Jardim Eldorado
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 8621710 5 BR

Notificação nº 992-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 13 de julho de 2015
Sr. Paulo Sergio Fernandes Lopes
Av. Presidencial Nasser, 1047, J. das Oliveiras
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 86217517 6 BR

Notificação nº 652/15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 23 de junho de 2015
Sr. Valdemar Fetisch
Rua: A 5 m-no, 452, São José
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 02854175 7 BR

Notificação nº 472-15/CEEXT/DEPEX/SE-MP                Brasília, 15 de junho de 2015
Srª Maria Merces de Oliveira
Rua: Domingos Linhares, 115, Centro
CEP: 76.980-000 – Vilhena
AR JH 00242714 5 BR


Fonte
Texto: Mirian Franco
Secom - Governo de Rondônia - Tudo Rondônia

PENSAMENTO DA SEMANA

"Pau que nasce torto não tem jeito, só prótese peniana."

Ditus, o Filósofo